Notícias

Nadando em água boa

Na piscina das Olimpíadas ou do clube é preciso cuidado técnico

Enviada em: 18/08/2016

O foco das Olimpíadas do Rio se voltaram no último final de semana para um caso de típico de tratamento de águas. A piscina utilizada pelo pólo aquático e nado sincronizado no Parque Maria Lenk ficou esverdeada em função da não observação da interferência que o uso por um grande número de atletas poderia ter (acumulo de material orgânico). Assim, houve um decréscimo na alcalinidade, uma reação química entre o peróxido de hidrogênio usado para matar bactérias e fungos nocivos com o cloro, uma leitura errada da qualidade da água pelos equipamentos e, consequentemente, todo o problema.

            A badalação sobre a situação deveu-se ao fato de os holofotes do mundo inteiro estarem voltados para a Capital carioca. Mas, esse tipo de processo pode ocorrer em qualquer piscina. Aliás, para tentar prevenir e evitar casos do gênero entre outros incidentes, é vigente no Rio Grande do Sul, desde a década de 1980, a Norma Técnica 16. Ela dispõe sobre requisitos para piscinas de uso coletivo (clubes, academias e condomínios, por exemplo) e particulares também (nesse segundo caso não há a exigência, mas, mesmo assim poderá haver inspeção das autoridades sanitárias).

            Para operarem, as piscinas necessitam possuir licença de funcionamento concedida com a aprovação do projeto pela Secretaria Estadual da Saúde e do Meio Ambiente. Documento que vale por apenas 12 meses, devendo ser renovado a cada ano. E, os projetos, que incluem o tratamento químico da água, deve ter um responsável técnico. O não cumprimento dos requisitos é passível de multas e suspensão de utilização do local.

            A Engequímica possui especialistas para orientar no processo correto de tratamento de água e cumprimento dos parâmetros exigidos. A balneabilidade, palavra que se costuma escutar apenas no verão, em relação a praias, diz respeito também às piscinas e a situação de uso das mesmas, seja para simples diversão ou para a prática de esporte. A água onde você faz hidroginástica, por exemplo, está sob controle?