Notícias

Nova portaria dá diretrizes à toxicidade no RS

Enviada em: 17/01/2018

Com a publicação no Diário Oficial no dia 5 de janeiro, a portaria 66/2017 da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) passou a ditar as diretrizes referentes à toxicidadedos efluentes lançados em corpos hídricos no Rio Grande do Sul. O documento, que tem base nos limites estabelecidos pelo Conama 430/2011 (legislação federal), agora oferece os parâmetros que devem ser cumpridos pelas empresas. A portaria inclui até a periodicidade necessária para a realização dos ensaios de monitoramento que devem ser enviados à Fepam via Sisauto.

Leia a portaria na íntegra: 66/2017